John Steinbeck: a única história do mundo — o bem, o mal e a fonte da boa escrita

John Steinbeck: a única história do mundo — o bem, o mal e a fonte da boa escrita

“A bondade e heroísmo se erguerão novamente, então serão derrubados e se erguerão novamente”, John Steinbeck (27 de fevereiro de 1902 — 20 de dezembro de 1968) escreveu ao contemplar o bem, o mal e a necessária contradição da natureza humana no auge da Segunda Guerra Mundial. “Não é que as coisas más vençam — nunca vencerão — mas nunca morrem.”

Perdidos na tradução: Proust e Scott Moncrieff

Perdidos na tradução: Proust e Scott Moncrieff

A tradução de Scott Moncrieff para o inglês da obra À La recherche du temps perdu, de Marcel Proust, foi aclamada pela sua grandiosidade como uma obra notável. No entanto, sua interpretação do título como Remembrance of Things Past [“Lembranças das coisas passadas”],...